verão

Bronzeado sem sol – Panvel

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Vou contar pra vocês umas super descoberta minha o auto bronzeador da Panvel, mas antes quero voltar no tempo e explicar porque nunca fui fã desse tipo de produto… (Se estiver com preguiça de ler pule para “Minha experiência”). Quando eu era mais nova não tinha muita paciência para torrar no sol, e com o passar dos anos comecei a curtir a ideia de ficar morena. Minha melanina é ótima e eu fico PRETA, e dura MUITO tempo meu bronzeado, porém fora de verão eu voltava pra cor original.

Nunca gostei da ideia de auto bronzeadores, pois todo mundo que eu conhecia que usava esse produto ficava LARANJA e eu achava bem artificial esse tom. Aquelas camas que foram proibidas eu até achava que dava uma cor legal, mas também observava as pessoas que faziam e achava que elas tinham cor de quem nadou na lama e não de musa do verão calor no coraçãoo. Ok, quem sou eu pra julgar, né, não sei também se eu usasse uma dessas se teria algum limite ou se acharia que nunca to preta o suficiente, vai saber…

O fato é que ano passado eu ia para a praia e estava mais branca que nunca e não queria chegar lá assim e me rendi ao que era a moda do momento: o Best Bronzer. Várias blogueiras estavam falando maravilhas dele e resolvi tentar. Paguei mais ou menos R$ 150 e durou apenas UM uso, hahahaha. Ok, sei que eu não sou a pessoa mais econômica na hora de passar os produtos, mas acho que nem se eu economizasse duraria mais.

No fim das contas fiquei com aquele cheiro péssimo que todo auto bronzeador tem, e me manchei INTEIRA (clap, clap, clap). Fim do ano passado comecei a ouvir falar do auto bronzeador da Panvel, e eu sou muito fã dessa farmácia e de todos os produtos da marca deles, então fui lendo resenhas e criando coragem para testar.

IMG_2670

Minha experiência

Essa semana a coragem apareceu e eu fiz o teste, passei somente no corpo e não usei no rosto (na embalagem diz que é para o rosto também), pois mesmo na praia eu evito tomar sol no rosto, sempre uso muito protetor solar e fico com ele na sombra e o resto no sol (louca). Nas instruções diz para passar na pele limpa sem suor ou oleosidade, esperar 30 minutos para secar bem antes de colocar uma roupa, deve ser passado preferencialmente antes de dormir, e para dormir a roupa ideal é uma malha bem solta.

No primeiro uso eu passei a noite, fiquei meia hora em pé sem encostar em nada, e depois me vesti. Senti que deu uma leve bronzeada, o efeito melhor acontece gradualmente. Já no dia seguinte apliquei de novo durante o dia e achei que o resultado ficou bem legal (demora de 3 a 5 horas para aparecer o resultado). As instruções também recomendam que ele seja usado duas vezes por semana para manter a cor, já que em mais ou menos três dias a cor some. O ponto positivo é que ele parece um hidratante, tanto na textura quanto na cor, e isso facilita a aplicação ser uniforme, evitando manchas na pele, eu me manchei bem pouco na primeira vez – mais nos pés e nas mãos –  e da segunda vez quase não me manchei. O cheiro dele lembra de protetor solar, mas depois das 5 horas o cheiro começa a ficar ruim, mas não tão forte como os comuns. Ah, e é bem importante depois de aplicar lavar BEM as palmas das mãos, para elas não ficarem amareladas.

IMG_2672

Bom acho que é isso, a foto de antes e depois que eu tirei não tá muito legal porque está em horários e luzes diferentes, e agora não tem como comparar, então não vou postar, me perdoem! E antes que eu esqueça, o preço desse é super amigável R$15 em média.

Estilo na praia: é possível?

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Já percebeu que as vezes parece quase impossível ter estilo na praia (sério, para mim era um sacrifício passar calor ajeitadinha, hahaha). Mas separei algumas ideias que provam que dá sim para estar na praia ou piscina e continuar linda.

361x543 (1) 361x543 (2) 361x543 (3) 361x543 (4) 361x543 (5) 361x543 (6) 361x543 (7) 361x543 (8) 361x543 (9) 361x543 (10) 361x543 (11) 361x543 (12) 361x543 (13) 361x543 (14) 361x543 966x642 (1) 966x642

Tratamentos estéticos: Carboxterapia aquecida

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

A carboxiterapia tem como função estimular a circulação sanguínea e a produção de colágeno, sendo utilizada em vários tratamentos como redução de celulite, gordura localizada, flacidez, estrias, remoção de olheiras, rejuvenescimento facial e para eliminar papada.

Minha experiência com essa técnica começou há dois anos e meio quando eu tive a imbecil ideia de fazer esse tratamento e o resultado foi que eu comprei 5 sessões e usei 1 e meia, pois desisti na metade da segunda e jurei nunca mais fazer carbox nem que me pagassem um milhão de reais. Mas quando surgiu o gás aquecido com a finalidade de diminuir o desconforto durante o procedimento, eu resolvi dar mais uma chance para o tratamento, que diziam ser tão milagroso.

ares-carboxiterapia-ibramed-com-gas-aquecido-novo_MLB-O-4425815384_062013

 

 

a máquina de tortura carbox

Como funciona?
O gás carbônico é injetado com uma agulha bem fininha até preencher o local tratado, na hora o local fica inchado por causa do gás, mas logo desaparece. Realmente o fato de ser aquecido com a temperatura do corpo humano deixa o tratamento menos dolorido (dizer que é indolor é to much pra mim).

Eu faço esse tratamento no posterior de coxas e glúteos, mas já adianto que somente a carbox não resolve todo o problema, então o ideal é utiliza-la junto com outras técnicas, além de associar os tratamentos a uma boa dieta e a prática regular de atividades físicas. Lembrando que quando feito em conjunto com outras técnicas o ideal é fazer a carbox por último, porque além do local ficar muito dolorido, o gás tem que ficar lá agindo por um tempo.

carboxiterapia

 

gente, essa menina deve ter problema, porque quem em sã consciência sorri enquanto espetam agulha nela e injetam gás? :o essa não seria eu na minha estética, porque lá percebi até que sei mais palavrões que eu imaginava enquanto faço carbox. bem phyna!

 

Quando fazer?
Apesar das pessoas (me incluo nessa) só lembrarem-se de cuidar do corpo no verão, é legal fazer esse tipo de tratamento estético no inverno, pois algumas das áreas tratadas podem ficar roxas, e além de ser feio andar por ai de biquíni e hematomas, o sol pode deixar sua pele manchada. Momento compartilhando uma experiência: tenho uma mancha linda – SQN – na perna que fiz no verão do ano passado, e não foi com estética, foi com meu jeito delicado de ser quando bati uma mala grande de viagem na panturrilha, indo para o cruzeiro, e tomei sol todos os sete dias seguintes a pancada. Ponto pra mim, resultado: quase um ano com uma mancha.

O resultado:
Como cada organismo reage de um jeito, o resultado vai aparecer em cada pessoa de uma forma, mas o ideal é fazer no mínimo dez sessões, sendo que os especialistas dizem que você nota melhoras a partir da 4ª sessão (eu confesso que na segunda já vi um ótimo resultado no meu culote).

 Apresentação4