maternidade

Segundo mês de vida

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Posso dizer que o segundo mês está mais tranquilo que o primeiro. A amamentação já está bem estabelecida, iniciamos uma rotina diária, especialmente a noite. O banho é sempre por volta das 7:30 pm, e em seguida ele é amamentado e colocado para dormir. As acordadas noturnas ainda são muitas, e começamos a tratar o refluxo dele, que infelizmente notei que ele tem.

O Léo agora toma banho comigo no chuveiro, exceto nas segundas-feiras, que o papai trabalha até tarde, dai o banho então é na banheira, já que fica mais fácil para mim tirá-lo do banho e trocá-lo sozinha. Quando não estou sozinha a parte de tirá-lo do banho e trocá-lo é feita pelo meu marido, que aliás tem se saído um pai ainda melhor do que eu imaginava (e olha que imaginava um pai muito incrível já).

Ele adora ver TV, não podemos estar com ela ligada que ele fica tentando ver. Eu sou meio chata com isso e tento não deixar ele ver muito, mas em momentos de desespero e em que ele tá chorando muito eu descobri o tal “Mundo Bita” e coloco para ele. E ele AMA.

Já está enxergando muito melhor, acompanha a gente com os olhos e ama ficar no sling. O sling aliás é o meu melhor amigo, me dá descanso para os braços e mesmo assim posso manter meu bebê sempre aconchegado. Inclusive tá ai a minha dica desse mês: compre e aprenda a usar o sling. Os bebês ficam confortáveis e nós também. É a melhor aquisição! Garanto.

Esse mês quem nos registrou foi a Dani.

IMG_3801 IMG_3833 IMG_3975 IMG_3981 IMG_4021 IMG_4051

Desenvolvimentos do bebê:

Presta atenção em nossos movimentos, acompanhando com a cabeça
Sorri, sorri e sorri, é muito simpático e de manhã é o horário em que seu bom humor está mais evidente
Gosta de ouvir músicas e quando a chata da mamãe deixa, de ver vídeos
Ama ficar no colinho e dormir no sling
Ama tomar banho
Faz barulhinhos fofos tentando conversar
Comecei a ler pra ele e ele tenta interagir enquanto leio e presta atenção no colorido do livro
Gosta de ficar alguns minutos na cadeira de balanço dele, mas não muito tempo hehe
Detesta ficar de bruços

 

Inspiração: o quartinho do bebê

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Uma das partes mais deliciosas da gravidez certamente é escolher o que vai no quarto do bebê. Esse momento dá aquela sensação boa de “arrumando o ninho” para receber com muito amor esse novo membro da família.

Particularmente eu não curto aqueles quartos tradicionais: rosa para menina e azul para menino. Então busquei bastante inspiração que eu pudesse trazer pra realidade aqui de casa. As cores que eu mais gosto no momento são cinza, verde, amarelo e branco, e elas foram o meu filtro de referências.

Verde

quarto bebe Cinza

quarto bebe1 Amarelo

quarto bebe2

 Branco

quarto bebe3

Aqui no quartinho do Léo eu estou trabalhando essas três cores em conjunto. Busquei esse tipo de inspiração e obviamente na vida real não fica igual ao Pinterest, ainda mais em um espaço tão pequeno como é o nosso, mas está sendo bem legal pensar em nessa composição de cores e demais itens que darão personalidade ao quarto. O que acho mais legal é que não fica aquela cara super infantil, e dai conforme ele for crescendo a gente vai mudando uma coisa ou outra, mas não fica tão datado. Espero que vocês gostem!

Eu vou ser mamãe!

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Por mais que eu não estivesse tão ativa aqui no blog ultimamente, esse ano eu me superei nesse quesito. Só que dessa vez eu tenho uma ótima desculpa: eu vou ser mamãe.

Tá o fato só de ser mãe em si não me isenta do blog, mas eu tenho tanta coisa pra contar por aqui que vai render milhares de vídeos e posts.O ponto é que junto com a gravidez veio uma premiada hiperemese gravídica (que você pode saber mais sobre clicando AQUI), e isso acabou com as minhas condições físicas. Eu só conseguia ficar em casa, sair era um tormento e me causava até crise de ansiedade. Além disso, o mal estar de estar sempre passando mal, e vira e mexe indo pro hospital tomar soro, me impediu de vir aqui escrever antes.

Vou contar tudo melhor mais pra frente, mas o que importa saber agora é que até o começo de dezembro minha família vai conter um casal, um gato e um bebê chamado Leonardo, que foi muito esperado e muito desejado por nós. A vinda dele está transformando nossas vidas, e eu não trocaria essa fase – mesmo com todos os problemas – por nada nesse mundo.

O mundo das mães é um universo paralelo, e entre milhares de coisas que tive que aprender, desde as siglas malucas, até produtos-super-importantes-que-tem-que-ter, o principal foi que a gente só possui o plano B da nossa vida. O plano A está nas mãos do Papai do Céu, e por mais que a gente tente controlar, idealize e sonhe, as coisas vão ser da melhor forma para nosso aprendizado, por mais que isso não pareça na hora.

 

Baby Léo Espero voltar logo e contar mais sobre essa fase tão maluca e tão mágica.