exercício

Pra onde vai tanta comida?

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

A frase título desse post me perseguiu a vida toda. Desde criança eu tinha uma alimentação zero equilibrada e comia tudo que via pela frente – se fosse doce e/ou fritura. Foram incontáveis cafés da manhã na infância comendo pão com hambúrguer, e tomando um litro de leite com Nescau adoçado com leite condensado. Mas graças a minha genética nunca engordei e sempre me senti no direito de comer ainda mais.

Mas de uns anos para cá o corpo resolveu se revoltar e mostrar para onde ia tanta comida: para o culote, coxas e glúteos. Mesmo vendo o estrago começando eu não conseguia nem controlar a alimentação, nem me matar na academia. E continuava indo almoçar rodízio de pizza, comendo pizza de janta umas 5x por semana, pão no café da manhã e usando leite condensado como se fosse adoçante, colocando em tudo que eu ia beber.

Esse ano, depois de provar um vestido curto para ir à formatura de uma amiga, com um espelho e uma luz bem forte em mim, eu vi aquela pessoa de 24 anos, com tudo para ter um corpo decente e pensando que não poderia usar aquele vestido sem meia calça, pois seria impossível mostrar aquelas pernas pro mundo.

Gente, espero que vocês não me entendam mal, pois sofro preconceito de gente que acha que porque de roupas você está magra, você não pode estar extremamente infeliz com o seu corpo, sendo que essa pessoa não sabe quanto é difícil para você usar um vestido mais justo, ou até um biquíni.

Para fechar esse quadro lindo, não sei se vocês sabem, mas meu marido é formado em Ed. Física e dá aulas de tênis, ou seja, imaginem ele me vendo comer assim sem ir para academia há mais de um ano e ligando zero para tudo isso. Foi então que do nada veio uma enorme vontade de mudar esse quadro e decidi usar as minhas semanas de férias da pós para ir numa clinica de estética onde até então eu só tinha ido fazer massagem relaxante e limpeza de pele, e comprei um pacote para começar o meu intensivão: 10 sessões de Cellutec, Manthus e Carboxterapia (aquecida).

Ao todo já fiz 4 das 10 sessões e estou tendo um resultado incrível. Aliado a isso eu ganhei do meu love um kit para fazer exercícios em casa e estou mudando aos poucos meus hábitos alimentares. Nos próximos dias vou contar a série que ele me passou e mostrando os resultados que tenho tido.

Espero que no próximo verão, eu possa ir para a praia sem usar canga e sem ter que me esconder por causa dessas gordurinhas indesejadas. Nos próximos posts vou contando como funciona cada técnica e como elas atuam no corpo.

DSC03072

 

kit básico iniciante, aos poucos vou comprando mais itens e contando

Apresentação4