Eu vou ser mamãe!

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Por mais que eu não estivesse tão ativa aqui no blog ultimamente, esse ano eu me superei nesse quesito. Só que dessa vez eu tenho uma ótima desculpa: eu vou ser mamãe.

Tá o fato só de ser mãe em si não me isenta do blog, mas eu tenho tanta coisa pra contar por aqui que vai render milhares de vídeos e posts.O ponto é que junto com a gravidez veio uma premiada hiperemese gravídica (que você pode saber mais sobre clicando AQUI), e isso acabou com as minhas condições físicas. Eu só conseguia ficar em casa, sair era um tormento e me causava até crise de ansiedade. Além disso, o mal estar de estar sempre passando mal, e vira e mexe indo pro hospital tomar soro, me impediu de vir aqui escrever antes.

Vou contar tudo melhor mais pra frente, mas o que importa saber agora é que até o começo de dezembro minha família vai conter um casal, um gato e um bebê chamado Leonardo, que foi muito esperado e muito desejado por nós. A vinda dele está transformando nossas vidas, e eu não trocaria essa fase – mesmo com todos os problemas – por nada nesse mundo.

O mundo das mães é um universo paralelo, e entre milhares de coisas que tive que aprender, desde as siglas malucas, até produtos-super-importantes-que-tem-que-ter, o principal foi que a gente só possui o plano B da nossa vida. O plano A está nas mãos do Papai do Céu, e por mais que a gente tente controlar, idealize e sonhe, as coisas vão ser da melhor forma para nosso aprendizado, por mais que isso não pareça na hora.

 

Baby Léo Espero voltar logo e contar mais sobre essa fase tão maluca e tão mágica.

 

comentário(s) via Facebook • Comentar

Deixe seu comentário