Netflix – Junho

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Esse mês existiu vida no Netflix fora das séries – apesar de ter sido lançado de uma vez toda a temporada de Orange is the new black. Me esforcei muito para não começar nenhuma outra série e nem outras temporadas que estou querendo ver (como de Hannibal). Também nesse mês descobri que dava para baixar Popcorn Time no notebook, e não só em celulares Android como eu pensava (nunca tive esse app antes porque uso IOS e não tinha ainda para esse sistema) ou seja, eu já passava minha vida vendo filmes e séries e agora ferrou de vez e pretendo nem dormir mais para manter meu vício.

A maioria dos filmes mais legais que vi esse mês foram no Popcorn, no NET NOW ou na HBO, mas é porque alguns filmes incríveis que lançaram no Netflix eu já tinha visto há pouquíssimo tempo, e confesso que até fiquei meio chocada de terem sido lançados tão rápido, como por exemplo: Para Sempre Alice, que já falei sobre AQUI. Confira os meus comentários sobre 6 filmes assistidos esse mês:

Uma boa mentira (2014)
The Good Lie

Um jovem refugiado de Guerra do Sudão ganha uma loteria que lhe permite recomeçar nos Estados Unidos, mas a adaptação a esse novo lar apresenta grandes desafios.
Meus comentários: Achei esse filme super emocionante, mais uma vez como eu sempre digo os filmes baseados em histórias reais são os melhores, e é muito triste e comovente ver tudo que eles passaram até chegar nos EUA, além da adaptação a vida nova. Vale muito a pena assistir, 5 estrelas mesmo!

Bem-vindo aos 40 (2012) 

This Is 40
O casal Pete e Debbie, de “Ligeiramente Grávidos”, está de volta! Desta vez, eles lidam com as aventuras e desventuras de envelhecer.
Meus comentários: O filme é levemente engraçadinho, tem cenas até divertidas, mas não é UAU-to-morrendo-de-tanto-rir. Eu diria que é duas estrelas e meia, se você estiver muito a toa e quiser ver um filme meio levinho e que não exija muito raciocínio, tá ai uma opção.

O Melhor de Mim (2014)
Best of Me

Dois antigos namorados de colégio voltam à sua cidade natal para um enterro, mas algumas lembranças sofridas podem impedi-los de ter um final feliz.

cena-de-o-melhor-de-mim-1414609438028_956x500

Meus comentários: Novamente um filme baseado em uma obra de Nicholas Sparks, e ai gentem, eu to tão blé dele… Sério eu adorava os filmes dos livros dele, mas tá tudo tão a mesma coisa, tão dramático, improvável e meloso. Eu até acho que vale assistir e daria umas 3 estrelas, mas é que The Notebook é meu filme preferido da vida, e é baseado em um livro dele, dai minha expectativa é sempre muito alta e nunca é atingida. PS. As trilhas sonoras e os cenários dos filmes sempre são ótimos ainda assim.

À prova de fogo (2008)
Fireproof

Bombeiro dedicado enfrenta um possível divórcio. Quando toda esperança parece acabar, seu pai religioso intervém.
Meus comentários: Geralmente não gosto muito de filme com cunho religioso, acho meio chatinho mesmo, mas esse até que achei interessante. É legal você pensar sobre relacionamentos de uma forma mais profunda do que o que vemos por aí que tudo ou é muito romântico, ou muito fútil, ou acaba por qualquer motivo. Acredito mesmo no esforço diário que é necessário para uma relação dar certo, apesar de ser um filme 3 estrelas eu recomendo assistir – principalmente em momentos de crise conjugal.
Jogos Vorazes: A Esperança Parte 1 (2014)

The Hunger Games: Mockingjay – Part 1

De volta ao Distrito 13 após acabar com os Jogos Vorazes, Katniss reluta em se tornar o símbolo de uma rebelião popular contra o Capitólio.

Cinemascope-Jogos-Vorazes-A-Esperança-Parte-1-3

Meus comentários: Apesar de adorar essa série de filmes não sou do tipo que assiste no cinema, espero mesmo ficar disponível para ver em casa e nunca li os livros. Hahaha. Porém, não me acho a melhor pessoa para falar sobre, apenas que eu gostei mais dos filmes anteriores – isso não significa que esse seja ruim.

Imagine Eu & Você (2005)
Imagine Me & You

Nesta excêntrica comédia romântica, Rachel está prestes a se casar, mas acaba se apaixonando por uma bela mulher convidada para a cerimônia.

968full-imagine-me-&-you-screenshot

Meus comentários: Uma das personagens principais é a atriz que interpreta a Cersei em GOT, hahaha, e é muito estranho ver ela num filme assim com roupas normais, cabelo comum… A história é média, é um filme europeu e eu não sou muito fã dos diálogos de filmes assim, sempre acho vazios e sem sentindo. Ah, sem contar que a mulher que fazia as flores da cerimônia fica no casamento da pessoa curtindo a festa… Sei lá, meio sem pé nem cabeça, vou dar 2 estrelas e meia porque estou generosa.

comentário(s) via Facebook • Comentar

Deixe seu comentário