April 2015

Vídeo: Compras no Aliexpress – Colares

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Como sei que muita gente ama vídeos sobre o Aliexpress, acabei fazendo mais alguns sobre o tema. No dessa semana eu conto de alguns colares que comprei por lá.

Se ainda não se inscreveu no meu canal, aproveita e se inscreve e curte para ajudar a divulgar o vídeo.

Desktop

 

Links dos produtos:

Colar de pérolas pequenas clique AQUI paguei $2,61
Colar preto com strass clique AQUI paguei $3,13
Colar de fita com pérola clique AQUI paguei $3,30
Colar de miçanga azul clique AQUI paguei $2,60
Colar Branco clique AQUI paguei $2,61
Colar rosa e azul escuro clique AQUI paguei $3,95
Colar Pink clique AQUI paguei $1,66

O que vestir para o trabalho? Parte 1

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Hoje  começo o primeiro post de uma série, onde vou dar ideias para ajudar quem ainda tem dúvida sobre o que vestir para o trabalho. Primeiro de tudo, é sempre importante lembrar: roupa de trabalho não é e não pode ser a mesma que você usa nas horas vagas em momentos de lazer, deve passar a imagem do profissional que você é, das suas competências, da sua capacidade e principalmente do seu comprometimento.

Downloads

 

Uma pessoa com aparência desleixada não passa confiança, parece se importar com nada – nem com ela mesma, e a mensagem que isso passa é: se ela não consegue cuidar de si, é capaz de cuidar de uma empresa/área/cargo? Por isso quero que vocês comecem a pensar junto comigo em como passar essa imagem e mostrar o melhor que existe em vocês, antes mesmo de abrirem a boca, apenas com o impacto visual.

Para isso, vamos começar do começo. Cada ambiente de trabalho tem a sua formalidade, e por isso vou falar sobre o Dress Code de cada um deles de forma individual. Geralmente esses ambientes são: Extremamente/ muito formais, Formais,  pouco formais/casuais ou Informais.

As dicas a seguir valem para todos esses ambientes,  e nos próximos dias falarei mais de cada um:

  • Todo cuidado com roupas íntimas aparecendo: nenhuma parte dela pode aparecer, mesmo que seja de forma indireta (como marca de calcinha na roupa, ou sutiã com a alça transparente aparecendo), pior que sutiã aparecendo, só a falta dele.
  • Maneire nos acessórios: brincos, colares e pulseiras grandes e barulhentos tiram a atenção do foco principal, que é você.
  • Barriga de fora? Jamais!
  • Legging não é calça de trabalho, não importa o tipo, o material se é com botas ou com camisa que cobre o bumbum, não é adequado, use em momentos de lazer.
  • As bolsas de trabalho devem ser de tamanho médio ou grande, bolsa pequena não é adequada para trabalhar. Ah, e se você trabalha em uma empresa muito formal, evite usar bolsas muito enfeitadas.
  • Camisa com o botão estourando, sem chances.
  • Bonés, chinelos e camisa de time: NÃO, por favor.

É importante lembrar também que as cores tem grande impacto no nível de formalidade, e cores neutras e escuras são mais FORMAIS, enquanto cores claras e vivas são mais INFORMAIS.

Não percam os próximos posts, para saber mais dicas.

Estilosa até na… igreja!

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Por muitos anos tive uma dificuldade enorme de encontrar roupas para ir à igreja, eu fui criada desde que nasci na religião Mórmon, e demorei muito para entender porque a gente tinha que usar saia (ou vestido) aos domingos para ir às reuniões, costumava achar tudo brega e com cara de pessoas mais velhas.

Era quase impossível encontrar roupas que fossem estilosas, jovens e bonitas. Fiquei alguns anos sem frequentar a igreja, e agora quando voltei comecei a passar pelo mesmo problema, é quase impossível você encontrar peças que sejam dentro “dos padrões” e que não te deixem sentindo que você tem 70 anos.

Por isso, agora com o olhar mais treinado (por causa da consultoria de imagem) comecei a ver que a situação não é bem problemática assim, ainda mais que estamos em uma época em que a saia midi está super em alta e saias compridas também são mais fáceis de encontrar.

Resolvi então juntar várias inspirações, para ajudar quem passa por essa situação, e mostrar que é possível sim estar bem vestida e sem “cara de crente” (detesto quando falam assim e ainda mais sendo pejorativamente, mas é o que mais ouvi a vida inteira sobre as minhas roupas domingueiras…)

Com listras

Nova pasta

Com estampas

Nova pasta1

Cores neutras claras

Nova pasta2

Com tons cinzas

Nova pasta4

Com malha, camiseta e blusinha básica…

Nova pasta5

Com cores vibrantes e cores fechadas…

Nova pasta3

PS: Vale lembrar que todos esses looks podem ser utilizados no ambiente de trabalho alguns para ambientes formais (os que são saia + camisa) e os demais em ambientes pouco formais ou informais, pois são super adequados devido ao comprimento e estilo da roupa.

Novidade: Consultoria de imagem online

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Quando comecei a dar cursos na área de consultoria de imagem, percebi algumas pessoas de fora de Curitiba interessadas no tema, mas que não poderiam participar por causa da distância. Outras têm interesse em realizar uma consultoria de imagem, mas acabam adiando ou pelo valor ou pela falta de tempo e distância.

Depois de muito pensar, decidi que esse é o momento, e vim aqui compartilhar essa novidade quentinha com vocês: a partir desse mês eu passo a ter a opção de consultoria de imagem online. Agora não tem mais desculpa para não conhecer melhor seu corpo e seu estilo.

eveningskies (1) Se quiser saber mais sobre essa novidade, me manda um e-mail em: consultoria@oliveirajessica.com

 

Viciada em séries: Once Upon a Time

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

A melhor parte de ter o blog na minha opinião (ou no meu caso) é que minha memória é um fiasco, eu sou do tipo que não lembra o que almoçou ontem, dai fico muito feliz de ter um lugar para consultar algumas coisas da minha vida, e relendo o blog agora eu percebi que comecei e parei de assistir Once Upon a Time umas três vezes (as últimas foram em Setembro e Novembro do ano passado).

e6ae83cd-131a-49d7-912e-dbedc61dda1c

A série não é nenhuma novidade e eu não sei explicar por que eu comecei e parei todas essas vezes. Lembro que a primeira vez que vi foi em 2011 quando lançaram, revi de novo ano passado, comecei o spin-off que a série fez contando a história da Alice no País das Maravilhas - também larguei, e agora voltei com força total.

O que acho mais legal dessa série, é que conta meio que “por trás” dos contos de fada, a gente já conhece os personagens, mas não sabemos exatamente a história de cada um, e lá eles têm algumas versões próprias bem interessantes, como por exemplo: quem ajudou a Cinderela não foi realmente a fada madrinha. Hahaha.

once2_article once-upon-a-time-cast

Ah, e a trama é mais ou menos assim: eles estão presos no “mundo real” e não mais no mundo de faz de conta, por causa de um feitiço que a madrasta da Branca de Neve fez, e não lembram quem são, muito menos que são personagens de Contos de Fadas. Sei que falando assim parece bobinho e até é um pouco mas não acredito que a série tenha sido feita para o público infantil, por causa do linguajar e outras coisitas más. Quem gosta de personagens clássicos de histórias infantis não pode perder. Então fica a minha dica para quem está precisando de uma série para ver, essa é uma boa opção!