August 2014

Sobre o app Secret e nosso uso das redes sociais

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Na semana passada comentei no meu Facebook que havia começado a usar o app Secret e que havia achado super divertido, recomendando para meus amigos que baixassem. A ideia do aplicativo era que fossem compartilhados segredos anonimamente, sendo assim, cada um poderia falar o que quisesse sem ser descoberto.

Secret já é febre nos EUA há algum tempo, mas só veio para o Brasil em maio desse ano, um dos seus investidores é o ator Ashton Kutcher.

Secret-App

Em menos de uma semana o que eu lia mudou completamente de foco. No começo não tinha muitos brasileiros no app, eu via muita coisa de fora, acho que por causa disso a ideia inicial que eu comprei era que a rede social serviria para contar aquelas besteiras que a gente só pensa, mas não fala, tipo que dança sozinho no carro e etc., bem coisa de antissocial desabafando –  sim eu sei, sou inocente demais de pensar que ia acabar por ai.

PicFrame (1) PicFrame os tipo de secrets que apareciam quando eu comecei a usar o app

É claro que muito rapidamente mais gente ficou sabendo do aplicativo e a timeline dele virou uma enxurrada de palavrões, pessoas falando mal de outras pessoas e brincadeiras (ou não) pesadas com temas como HIV. Não quero generalizar, mas é incrível como o ser humano tem a capacidade de transformar qualquer coisa que deveria ser legal em algo ruim, com o único objetivo de atingir o próximo, e as coisas ficam mais sérias do que deveriam.

Me chamem de romântica, sonhadora ou iludida, mas a gente tem tudo a nosso alcance, temos acesso a tanta informação e conteúdo, que a ideia deveria ser deixar nosso dia mais leve, menos amargo, mais engraçado, nos tornando pessoas melhores, e não transformar tudo em algo para derrubar pessoas, arrumar confusão e rir da desgraça alheia.

PicFrame (2)

nem tudo está perdido, achei coisa legal (raro mas tem) em português também

Então, peço desculpas aos meus amigos que eu recomendei que baixassem o Secret, enquanto eu continuo esperando criarem algo que possamos interagir de forma saudável. Ah, e quem está usando o app para fins não muito louváveis, fiquem espertos, pois a coisa não é tão anônima assim, não esqueçam que você se registraram para poder usá-lo, e a pedido da justiça eles podem quebrar o sigilo e te encontrarem!

 

Disney – Animal Kingdom: segundo parque

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

IMG_0013 No nosso segundo dia em Orlando fomos ao Animal Kingdom, eu havia feito o roteiro evitando ir em parques que tinham Extra Magic Hours* no dia que eu fosse e por isso foi essa a ordem de parques que eu decidi ir. Era um sábado, e como esse parque é o que fecha mais cedo (18h00), decidimos ir bem cedinho.

Apesar de MUITA gente falar que esse parque não vale a pena, para eu não ir e etc., eu vou contar pra vocês que eu AMEI esse parque. Sério, achei muito agradável o ambiente, tava aquele calor do deserto do Saara em Orlando, e como no AK tem bastante árvore e água, achei bem refrescante hahaha. Outro motivo que me fez amar esse parque é que uma das melhores montanhas russas que eu fui durante a viagem estava lá: a montanha russa do Yeti, ou como é mais conhecido: o Abominável Homem das Neves – mas sobre os brinquedos eu falo já, já mais para baixo.

IMG_0017 Vou começar dizendo que o AK é completamente voltado aos animais, o que é óbvio pelo nome dele, lá você se sente a maior parte do tempo em um zoológico, e alguns personagens abordados aqui  tem a ver com a proposta dele, como por exemplo Tarzan, Vida de Inseto, O Rei Leão, Procurando o Nemo… Deu pra entender a ideia né? Outra coisa que pude notar lá foi um forte apelo para a conservação do meio ambiente e dos animais, bem legal essa iniciativa.

O símbolo desse parque é a“The Tree Of Life” ou em português Árvore da Vida, uma árvore LINDA e fake onde estão esculpidos os desenhos de 325 animais, e embaixo dela tem a atração It’s Tough To Be a Bug que segue a linha Disney de cinemas 3D com vento, cheiro, e outros efeitos (mais uma vez eu chamaria de 4D) sobre o filme “Vida de Inseto” , mas que infelizmente estava fechada quando eu fui. A árvore pode ser vista de quase todos os cantos do parque e as demais áreas dele são divididas em: África, Ásia, Discovery Island, Dinoland, Rafik’s Planet Watch e Oasis.

IMG_0056 Melhores atrações

Expedition Everest: eu já comecei esse post sem me aguentar e já entreguei que essa montanha russa foi o amor-da-minha-vida nesse parque, mais uma vez é possível sentir o “jeitinho Disney” desde a fila, e você já entra no clima nesse ambiente criado imitando um vilarejo do Nepal, você consegue também ver várias histórias sobre a lenda do YetiPéGrandeAbominávelHomemdasNeves. A montanha russa é bem intensa e cheia de surpresas, e vou parar de falar porque já está me dando saudade demais de lá.

Kali River Rapids: Essa atração é um barquinho que andar por um “rio” e é a que mais molha em toda a Disney. Eu honestamente não achei muita graça, isso que estava muito calor e eu fui para esse parque de havaianas, ainda assim resolvi recomendar pelos outros comentários que ouvi, todo mundo gosta e eu devo ser chata pra %$#&@ mesmo.

IMG_0223 Kilimanjaro Safaris: esse foi o momento em que mais tirei fotos desse parque, pois essa atração é um safari onde você vê vários animais (preciso do contato da girafa de lá pois fiz um book da bichinha e queria mandar como lembrança pra ela). A dica é: se quiser ver os leões vá cedo, pois assim como os gatos eles dormem o dia todo, e é CLARO que eu não sabia disso antes e não consegui foto com os bonitos.

IMG_0106 IMG_0132 IMG_0156 Dinosaur: Essa montanha russa viaja na pré-história e nos leva a Era dos Dinossauros, mais uma atração imperdível que me fez amar esse parque.

IMG_0042 Dica de comida: pela primeira vez desde que havia chegado nos EUA eu não comi hambúrguer ou cachorro quente (sim, essa foi a dieta da minha viagem). Comemos uma comida bem delicinha no tão-recomendado-em-mil-sites-que-li Yak & Yeti, e é possível encontrar a versão dele restaurante (com garçom servindo e tudo mais) ou a versão “fast food”.

IMG_0209 No próximo post eu conto do Hollywood Studios. Nos vemos muito em breve!

*Extra Magic Hours: são horas extras concedidas pela Disney para os visitantes que estão hospedados nos resorts e hotéis do complexo Disney, dando o direito deles ficarem algumas horas antes de abrir o parque e algumas horas depois, então os visitantes comuns (no caso eu) quando chegam ao parque que está tendo aquele dia essas horas extras, já pega o parque bem mais cheio que o normal, mesmo durante a manhã – que é o período que costuma ser menos cheio. Nas épocas do ano mais cheias as EMH podem ser antes e depois do horário, em épocas mais vazias essas horas extras acontecem ou antes ou depois de abrir o parque, e não nos dois períodos. Para saber os horários de abertura e fechamento do parque e quais dias cada parque irá conceder essas horas mágicas consulte aqui o calendário deles.

Disney – Magic Kingdom: primeiro parque

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Apesar do atraso de duas semanas para começar a escrever, eu estava muito ansiosa pra fazer esses posts e contar aqui sobre a minha viagem para Orlando. Eu havia planejado ir pra lá em março deste ano, mas após alguns contratempos tive que cancelar a viagem e achei que não iria para lá tão logo. Felizmente algumas vezes a vida surpreende a gente e acabei conseguindo retomar os planos da viagem e pra minha sorte fui em uma data excelente, pois consegui pegar o verão americano e a maioria dos parques aguarda essa época tão cheia para estrear algumas atrações, como foi o caso da nova área do Harry Potter no Universal Studios e da atração da Frozen no Summer Fun do Hollywood Studios. Mas vamos começar do começo?

IMG_9385

O primeiro que eu quis conhecer foi o Magic Kingdom, a minha ideia era “tomar um banho de Disney” de cara, e achei que seria a maneira perfeita de começar, já que é o parque mais OWWWWNNN de todos. Como eu era inexperiente fiquei com medo de levar a minha câmera grande e não curtir muito o parque, então não me matem, mas só vai ter fotos que tirei com o meu celular (e pra ajudar minha bateria estava morrendo e eu precisava do GPS do celular para voltar para o hotel depois, por causa disso não tirei tantas fotos ~SNIF~).

IMG_9352 IMG_9355

Para montar seu roteiro eu recomendo que peguem o mapa do parque na entrada (existe uma versão em português), e veja o que tem em cada atração, escolhendo as que mais te agradam. Na entrada também existe (separado do mapa) um “time guide” que diz onde cada personagem estará em cada horário e tudo que terá no decorrer do dia, assim você não perde nada.

IMG_9378

Minhas atrações preferidas nesse parque foram:

Space Mountain: uma montanha russa no escuro (eu deveria parar aqui porque montanha russa: amo, o fato de ser no escuro: amo mais ainda, mas vou completar que eu achei um dos melhores brinquedos! É super divertida, você sente que está subindo ou descendo mas não consegue ver o que vai acontecer a seguir.

Pirates of Caribbean: um dos meus filmes preferidos da vida é Piratas do Caribe, então eu nem cogitei perder essa atração, mas fiquei sabendo que a atração existia antes do filme e que inclusive foi ela que deu origem ao filme e que os personagens que hoje existem lá dentro foram sendo colocados depois.

Mickey’s PhilharMagic: eles chamam de cinema 3D (eu achei que deveria ser 4D pois tem água em alguns momentos, cheiros e tal, mas enfim) achei tão, tão, tão fofinha essa atração! Sem contar que passa cenas de vários filmes clássicos da Disney, então eu fiquei toda bobinha lá.

Haunted Mansion: esse brinquedo é uma mansão mal assombrada e na fila você já começa a se divertir, tem um cemitério, uma parede que toca sons e tudo isso já te deixa no clima da atração. Dentro você entra em um carrinho e passeia pela mansão e eu fiquei BABANDO com o tanto de tecnologia os hologramas de fantasma são PERFEITOS.

Seven Dwarfs Mine Train: essa é a atração mais nova desse parquet, e é uma montanha russa na mina dos sete anões. A fila para variar é uma atração a parte: tem vários jogos interativos e da pra ver a casinha deles, no brinquedo você verá os personagens, e a sombra deles indo pra casa.

IMG_9371

Além de todas essas atrações a “Disney Eletrical Parade” e a queima de fogos (Wishes) são imperdíveis. Eu recomendo ir a este parque um pouco mais tarde para aguentar ficar até o fim e ver tudo isso, eu cheguei perto de meio dia e fiquei até umas dez e pouquinho.

IMG_9419

IMG_9412

Espero que tenham gostado e no próximo post conto sobre o Animal Kingdom, o segundo parque que visitei.

See you real soon.