Meus vinte e cinco anos

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Como outros bilhões de seres humanos eu odeio as segundas-feiras. É um dia difícil de acordar, eu demoro a conseguir voltar para a rotina e entrar no ritmo de novo. Me bate uma depressão absurda e minha única vontade ao sair da cama de manhã é voltar pra lá quanto antes. Meu pensamento mais recorrente é única e exclusivamente nele: meu travesseiro e em quando será nosso próximo encontro.

Ainda assim, o meu aniversário esse ano caiu numa segunda-feira. Dia em que os salões não abrem, e para a minha surpresa os restaurantes (a maioria) também não. Então passei uma hora e meia do meu dia circulando de carro por todos os restaurantes que eu tinha interesse em ir e nenhum estava aberto. Confesso que realmente não sabia disso, porque pensando bem, eu odeio tanto segunda-feira que nunca saio nesse dia da semana. E é uma tradição minha jantar em algum lugar desconhecido todo ano, para sair da rotina dos velhos e bons de sempre. Por isso, só imaginem a minha cara sem nenhum restaurante bom – e que eu nunca havia ido –  aberto.

O fato é que depois de muito procurar acabamos no Lellis Tratoria, que é uma delícia, mas não era bem o que eu queria. E depois de um dia corrido, o qual eu tive treinamento o dia inteiro, dentista e mal deu tempo de parar para respirar, eu comi um dos pratos de massa mais incríveis da minha vida, voltei para a casa e fui correndo dormir. Afinal, eu amo fazer aniversário, mas ainda odeio segundas-feiras.

2b02314c243811e3a63622000a9e28ec_7

Apresentação4

comentário(s) via Facebook • Comentar

Deixe seu comentário