August 2013

Peeling de margarida

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Não tem época melhor para fazer tratamentos estéticos do que o inverno, e aproveitei o mês passado, que estava de férias da pós, e comecei alguns tratamentos, que contei aqui, e um deles foi o peeling de margarida.

Em menos de uma semana já tive a sensação de “vida nova” na minha pele, sem contar que ele é super rápido e indolor. No dia da aplicação, a pele é limpa e é aplicado o produto, que parece uma base comum,  a aplicação (demora 5 minutos e você vai direto pra casa).

Após 4 horas com o produto na pele, você pode lavar o rosto, simples assim! O peeling de margarida combina ácidos com funções despigmentantes e antioxidantes (ácido kójico, ácido retinóico, belides, ácido salicílico , ácido fítico, vitamina C e  alfa bisabolol).

O ácido retinóico é utilizado no tratamento do fotoenvelhecimento, possuindo  efeito antiidade, já a vitamina C é antioxidante e despigmentante. Por sua vez o Ácido Kójico além de ser antioxidante, tem ação despigmentante e inibe a ação da tirosinase. O ácido salicílico estimula e tem ação anti-inflamatória e antimicrobiana. O ácido fítico atua na inibição da tirosinase e possui ação antioxidante no clareamento de manchas hipercrômicas. O alfa bisabolol tem ação despigmentante e inibe a melagnogênes. O belides (extrato de margarida)  inibe a melanogênese antes mesmo que ela se inicie, reduz a atividade da tirosinase e a formação dos radicais livres.

Apesar de ser um peeling superficial, em três dias eu estava com a pele descamando (durou uns 3 a 4 dias a descamação) e tive uma leve vermelhidão. Mas adorei o resultado e pelo menos uma vez por ano vou me jogar no peeling. Também quero começar a usar com frequência ácidos. Conto logo que iniciar o tratamento ;)

Apresentação4

Faça você mesma: Cauterização capilar

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

Um dia, babando no blog da minha BFF The Messy Box, eu aprendi um super truque que vou levar pra vida: como fazer cauterização capilar em casa.

Minha saga com os cabelos começou muito cedo, sempre fui vaidosa e gostava de fazer sozinha hidratação, e cuidar das minhas madeixas. Aos 14 anos descolori as pontas e pintei de rosa, aos 15 comecei a passar tinta PRETA, fiz depois mechas vermelhas, e aos 19 comecei a fazer luzes loiras. Há dois anos fui deixando as luzes irem embora, mas em setembro de 2012 fiz uma última cagada tentativa de mexer na cor e dai sim, passei tinta deixei natural (o tom natural dele é loiro escuro).

Então, imaginem se não era para eu estar careca uma hora dessas? Por isso, procuro sempre que posso hidratar no salão, comprar produtos bons (gosto das marcas Senscience e Moroccanoil). Agora com essa dica incrível, tenho mais uma opção de cuidados:

  • 10 ml de Bepantol Líquido
  • 10 ml de Keratina Líquida
  • 5 ml de Finalizador

1
Misture os ingredientes e aplique a mistura em todo o cabelo ainda úmido após a lavagem (não use condicionador). Em seguida seque bem os fios com secador, e passe chapinha mecha por mecha.

O efeito é melhor se deixar os produtos no cabelo por pelo menos 48 horas, e você encontra esses produtos em farmácias comuns.

Espero que gostem tanto quanto eu gostei.

Apresentação4

Sobre o colágeno e a gelatina

por Jessica Oliveira Blaszcyk em

É muito complicado falar de alimentação de forma generalizada, pois algumas vezes o que funciona e é bom para um, pode fazer mal para outro. Além disso, milagres não existem, e pode ser que as coisas não funcionem tão maravilhosamente na prática quanto na teoria, mas para me ajudar nos posts com alimentação, pedi socorro para uma amiga que é nutricionista, e trouxe algumas dicas para a gente.

Antes de tudo vou apresentá-la: Carolina Mariano é Nutricionista (CRN8-6152), tem 25 anos e é especialista em Fitoterapicos pela Universidade Gamma Filho, além de pós-graduada em Nutrição Clínica pela Faculdade Evangélica do Paraná.

A primeira pergunta que fiz para ela foi sobre o colágeno que tem na gelatina. Sempre ouvi dizer que gelatina era bom por causa do colágeno, então eu tinha mania de tomar gelatina como se fosse chá (aquele momento em que ela que fica molinha antes de ir para a geladeira), achando que isso era o suficiente, e olha a resposta que recebi:

“Não, a gelatina não ajuda na obtenção de colágeno, pois a quantidade de colágeno que tem na gelatina é muito pequena comparada ao que precisamos. O ideal é comprar cápsulas de colágeno hidrolisado, que é aproveitado 100% pelo nosso organismo.”

Benefícios-do-colágeno

Fuéééé pra mim! Aprendi a dica e parei de tomar gelatina achando que tou abafando, claro que continua sendo uma fonte de colágeno, mas não para suprir a dose diária necessária para o meu corpo. Espero que tenham gostado.

Entenda melhor: Para ser mais bem absorvido, o colágeno necessita de vitamina c, presente em abundância no limão, no melão e na acerola; além de vitamina e, encontrada nas frutas oleaginosas e nos peixes como melhora a firmeza e a elasticidade da pele, o colágeno combate a celulite, as estrias e a flacidez. Resultado: corpo saudável e em forma. (Fonte: Corpo a corpo)

Apresentação4